Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada

Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada. Naturalmente estamos em pleno inverno e as temperaturas caíram a -7,4ºC no amanhecer deste último sábado, fazendo a festa para os turistas. Enfim, um amanhecer de bater o queixo.
Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada - Foto SJonline-ClimaTerra
Frio em Bom jardim da Serra – Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada – Foto: SJonoline/ClimaTerra – Wagner Urbano – Ronaldo Coutinho/Piter Scheuer
No centro da cidade o termômetro encantou mostrando a temperatura negativa. Portanto, esse foi um dos dias mais frios do ano e a queda brusca de temperatura fez água congelar por cima de pequenos lagos, nos canos das casas e em caixas d’água. Igualmente os carros amanhecerem recobertos de gelo e o animais tiveram dificuldade para pastar no campo.
Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada
Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada – Foto: SJonline/ClimaTerra/Wagner Urbano/Ronaldo Coutinho/Piter Scheuer
Da mesma forma, no Vale do Caminhos da Neve, situada a cerca de três quilômetros do centro da cidade foi onde a intensidade do frio foi maior, formando uma vasta área de congelamento no campo, desde a baixada e até os topos das montanhas. Diante disso a intensidade do frio foi sentida até mesmo dentro das casas e dos carros onde o frio transpassou as janelas e provocou a formação de gelo do lado de dentro de carros e casas em São Joaquim. Realmente muito frio. A saber, ano de 2020 já se soma com 42 dias negativos e 62 geadas até este início congelante do mês de Julho.
Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada
Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada – Com esse frio, o mês de Julho está imperdível no Boqueirão Hotel Fazenda & Resort de Campo. Só não deixe para a última hora a sua reserva.

TURISMO & VIAGENS

Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada

Turismo Regional é tema de webinar do Floripa Sustentável e Fortur. A princípio, no dia 6 de julho, às 17h, o ex-ministro Vinícius Lummertz e o ex-superintendente de Turismo de Florianópolis, Vinícius De Luca, com mediação do professor Alexandre Biz, respondem aos desafios do setor: Por onde e como (re)começar? Igualmente, quais são as perspectivas de curto, médio e longo prazo? Como integrar o turismo regional ao planejamento de cada estado?
Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada
Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada – Com esse frio, o Pratas Thermas Resort – São Carlos – SC, com suas águas termais tem tudo a ver. Imagine reunir o conforto das melhores águas termais com o poder das pedras ametistas em um pacote especial para você cuidar da sua saúde. Isso tudo você encontra na parceria entre o Pratas Thermas e Ametista do Sul

TURISMO & VIAGENS

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Quem não é visto não é lembrado – Nunca o marketing foi tão necessário para o turismo
Dessa forma, quando a pandemia passar, o setor de Turismo e Viagens – aquele que sofreu o primeiro e o maior impacto em todo o planeta – vai ter que estar preparado para as profundas mudanças que inevitavelmente vão ocorrer. “De fato, o primeiro passo, sem dúvida, se dará pelas viagens a curta distância, o que significa dizer que o recomeço será via turismo regional”, afirma a presidente do Floripa Sustentável, Zena Becker. “Por isso, nossas entidades resolveram abrir o debate para que possamos desenhar os cenários prováveis do pós-crise, e o papel de cada setor do Turismo nesses novos cenários”, diz Marcelo Bohrer, coordenador do Fórum de Turismo da Grande Florianópolis (Fortur), que juntamente com o Floripa Sustentável promove no dia 6 de julho (segunda-feira), às 17h, o webinar O (Re)começo do Turismo Regional.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada –  O majestoso e repleto de novidades Hotel Renar, ícone hoteleiro em Fraiburgo – SC, Terra da Maçã – Vale do Contestado, aguarda a sua reserva.

VINICIUS LUMMERTZ

"<yoastmark

Diante disso, os palestrantes serão ex-ministro e atual secretário de Turismo de São Paulo, Vinícius Lummertz, eterno manesinho da Ilha, e o ex-superintendente de Turismo de Florianópolis, Vinícius De Luca, com a mediação do professor Alexandre Biz. Em primeiro lugar, Vinícius Lummertz é secretário de Turismo do Estado de São Paulo, ex-ministro do Turismo (Governo Temer). Formado em Ciências Políticas pela Universidade Americana de Paris, pós-graduado na Kennedy School, da Harvard University, no IMD de Lousanne, Suiça e MBA Executivo na Amana Key, São Paulo. Autor e organizador de Brasil – Potência Mundial do Turismo (Ed. DoisPorQuatro, 2018).
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Turismo Regional é tema de webinar do Floripa Sustentável e Fortur – Foto: Jefferson Severino
Igualmente, Vini de Luca foi superintendente de Turismo de Florianópolis de 2017 a 2020. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina – IFSC – desde 2006. Conselheiro do Estado de Turismo (gestão 2013-2015 e 2015-2017). Doutor em Geografia – Desenvolvimento Regional e Urbano, Mestre em Ciência da Informação e Bacharel em Turismo. Enquanto isso, Alexandre Biz é professor do Departamento de Engenharia do Conhecimento da UFSC, mestre e graduado em Turismo e Hotelaria pela Univali, líder do grupo de pesquisa Turismo, Tecnologia, Informação, Comunicação e Conhecimento (Turitec), autor do e-book “E-tourism e branding aplicados aos negócios turísticos”.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Pousada Ilha do Papagaio – Um paraíso cinematográfico

NOVA ROTA PARA BRASÍLIA

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Floripa Airport – Gol no pátio – Foto: Sergio Sona
De fato, os aeroportos de Florianópolis e de Vitória, 100% operados pelo grupo Zurich Airport, estreiam em julho uma nova rota doméstica, operada pela Gol Linhas Aéreas. Dessa forma, a cia aérea irá voar a frequência Florianópolis – Brasília e Vitória – Brasília três vezes por semana. O voo direto já existia nos aeroportos do Grupo antes da pandemia, mas não era operado pela Gol.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Travel Ace – Juntos somos mais fortes

SAUDAÇÃO ESPECIAL

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Ricardo Gesse – Floripa Airport recebe aeronave de grande porte – Foto: Julia Vidigal Munhoz
Logo, em Vitória, o primeiro voo acontece no dia 7 e, em Florianópolis, no dia seguinte (8). Então, a Gol, por enquanto, será a única cia aérea a operar a rota para Brasília em Florianópolis e em Vitória. Como é tradição na aviação, o primeiro pouso da nova rota terá uma saudação especial, que está sendo preparada pelos dois aeroportos. “Em um momento tão difícil do setor aéreo em todo o mundo, a aposta de uma cia aérea em uma nova rota tem um significado importante de retomada e sinaliza o potencial do nosso mercado” comenta Ricardo Gesse, Diretor Geral da Floripa Airport.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Amanhecer de sete graus negativos deixa Serra Catarinense congelada – Hotel Fazenda Águas Claras – Rancho Queimado – SC

OFERTA DE NOVOS VOOS

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Operações no Aeroporto Internacional de Florianópolis segue em crescimento – Divulgação
“Do mesmo modo, esse avanço reflete a parceria da concessionária com as companhias aéreas, que buscam retomar de forma segura a oferta de novos voos, ampliando a possibilidade para quem precisa voar”, acrescenta Matthias Poeter, Diretor Presidente da Aeroportos do Sudeste do Brasil (ASeB), concessionária que administra o aeroporto de Vitória. Portanto, a nova rota da Gol irá incrementar a malha aérea de julho dos dois aeroportos, que projetam crescimento mais expressivo, se comparado ao mês de junho: em Vitória, o aumento chega a 130% frente à malha do mês anterior; já o Aeroporto Internacional de Florianópolis deve registrar um crescimento na ordem de 84% no número de voos.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
CicloVil Bike – A melhor loja de bikes da Grande Florianópolis

AEROPORTO SEGURO

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Operações no Aeroporto Internacional de Florianópolis segue em crescimento: Jefferson Severino
A saber, desde o início da pandemia, os aeroportos do grupo Zurich Airport têm adotado uma série de medidas, algumas pioneiras no Brasil, de prevenção ao coronavírus. Em vista disso, em Florianópolis e em Vitória, os passageiros passam por uma barreira sanitária no desembarque e, na capital catarinense, aqueles com sintomas por mais de sete dias para coronavírus realizam teste de Covid-19. Da mesma forma, Florianópolis também adotou o preenchimento de um formulário online sobre saúde, que os passageiros devem apresentar no desembarque na cidade. Igualmente, em Vitória, foram instalados separadores de acrílicos para a segurança dos atendentes e dos clientes, além de sinalização para distanciamento nas filas e longarinas.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
O Bairro Abraão, em Florianopolis, ganhou uma pizzaria gourmet de respeito. pensa numa piza gigante com 16 fatias! Pense numa coisa boa. Clique no baner e confira.

ZURICYH AIRPORT

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense

Em suma, O Grupo Zurich Airport opera nove aeroportos em todo o mundo, incluindo o aeroporto da Suíça. Em vista disso, a empresa concentrou nos últimos anos os investimentos na América Latina. Assim, em março de 2017, arrematou o Aeroporto Internacional de Florianópolis, onde tem a concessão por 30 anos. Igualmente em Vitória e Macaé, o leilão foi vencido em março de 2019. Além disso, o grupo também atua nos aeroportos de Bogotá, Curaçao e os aeroportos de Iquique e de Antofagasta, no Chile. Hoje, em Belo Horizonte, o grupo suíço opera com o grupo CCR e Infraero o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, desde 2014.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Especialmente esta semana, seguindo as recomendações das autoridades locais, ESTAMOS ABERTOS NO ALMOÇO com o Menu Especial para duas pessoas por R$ 81,00.Reserve já a sua mesa, ou, peça pelo Delivery / Take Away.

AEROPORTO DE NATAL PODE FECHAR

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Aeroporto de Natal – Foto BG – Divulgação
Enquanto isso, o novo aeroporto de Natal, em São Gonçalo do Amarante, que foi construído pela iniciativa privada a partir de 2011, começou a operar em 2014 e foi reconhecido como um grande incentivo para a indústria do turismo do Rio Grande do Norte, empregando mais de 120 mil pessoas, poderá parar de operar Diante disso, uma notificação extrajudicial tenta impedir o aeroporto de funcionar se o governo federal não resolver um velho problema: o terreno em que foi construído não pertence nem à União nem ao governo do Estado. Por isso, a notificação deixa claro que “conceder uso do que não lhe pertence é contra o princípio de moralidade pública e sem amparo legal”.
A capital de Santa Catarina ganha condição de metrópole
Clínica Fisio Sports – Fisioterapia & Pilates

INDENIZAÇÃO POR PREJUÍZO

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Aeroporto de Natal – Divulgação
Portanto, a empresa que assumiu o empreendimento, a Inframérica, com razão, desistiu do negócio e quer devolvê-lo ao governo federal e ainda pedir uma indenização por seus prejuízos. Do mesmo modo, ali foram feitos investimentos mais de R$ 700 milhões, mas não deu o retorno esperado – o número de passageiros foi muito abaixo do estimado. Diante disso, o governo já se decidiu pela relicitação para entregá-lo a novo operador.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Agora sim, temos o verdadeiro AÇAÍ do Pará. Cauê – Sabores da Mata. Além disso, como saborosas comidas típicas desse estado, que é a Joia da Amazônia. Nada de mistura, não é o que você deseja, da primeira e da segunda batida. Confira alguns dias ou o verdadeiro sorvete de açaí que você só poderá tomar na Estação das Docas em Belém. Além disso, eles também são distribuidores.

PROGRAMA DE PRIVATIZAÇÕES

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Aeroporto de Natal – Foto G1
Definitivamente falando, esse absurdo é real. Além disso, demonstra a dificuldade do governo federal com seu programa de privatizações. Porém, tudo nela se torna irreal quando se descobre que todas essas transações se assentam numa ilegalidade. Enfim, as desapropriações não foram concluídas e se arrastam na Justiça há mais de vinte anos de petismo. De fato, Pelo menos ¾ de inúmeros proprietários nada receberam até hoje e, portanto, continuam de posse daquelas terras.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Brocker Turismo – A melhor Agência/Operadora da Serra Gaúcha

ABAV ADIADA

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense

Enfim, notícia já esperada pelo trade já que a capital paulista é o foco do covid-19 no Brasil. Portanto, a ABAV Expo é adiada para 2021. Atualmente prevista para acontecer entre os dias 23 e 25 de setembro deste ano, a ABAV Expo entra para a extensa lista de eventos adiados para 2021. De fato, a decisão foi tomada em respeito à saúde dos participantes e profissionais envolvidos na realização do evento. Definitivamente, com os impactos do coronavírus tanto no setor de eventos quanto de turismo, a ABAV Expo não conseguiria alcançar suas metas. A saber, apenas na última edição foram reunidas 32 mil pessoas.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
ABAV reagenda feira de turismo em São Paulo para 2021 e lança ABAV Collab
Dessa forma, para não deixar 2020 passar em branco, a ABAV Nacional anunciou a realização do ABAV Collab – evento virtual que chega para fomentar a realização de negócios no setor. Logo, a iniciativa conta com a colaboração de entidades como Abracorp, Braztoa e Clia e terá início dia 27 de setembro, Dia Mundial do Turismo. Assim, com duração até o dia 2 de outubro, o ABAV Collab trará dinâmicas virtuais focadas em capacitação, networking e realização de negócios. Além disso, também será realizada uma versão virtual da Black Friday de Viagens – sucesso na edição passada. Da mesma forma, em breve o site do evento será divulgado com mais informações a respeito das etapas para participação.

EXPO TURISMO PARANÁ

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Antonio Azevedo – Presidente Abav-PR e Ex-Presidente ABAV Nacional
Da mesma forma, outra feira que dançou e passou para 2021 foi a Expo Turismo Paraná, que é organizada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens do Paraná (ABAV-PR). Diante disso, a feira acontecerá somente nos dias 16 e 17 de abril de 2021, quando espera-se estar o mundo recuperado dessa pandemia que travou o planeta em todos os sentidos. “Assim sendo, estamos certos de que foi uma medida prudente e que, passada a pandemia, irá manter em segurança nossos consumidores, o trade turístico e o público”, resume o presidente da entidade, Antônio Azevedo.
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Expo Turismo Paraná 2021
Naturalmente, tendo como grande objetivo a divulgação do turismo em plena decolagem do setor em 2021, a ABAV-PR acredita em uma proposta diferenciada para a feira, oferecendo um ambiente participativo e educativo com muitas capacitações, além de networking e interação entre as marcas participantes, consolidadores, clientes, apoiadores e consumidores. Portanto, o evento conta com a chancela, parceria e apoio de importantes órgãos turísticos, entidades e destinos, nacionais, regionais e internacionais, além dos principais e locais do Turismo.

CONSELHO ABRACORP

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense

A princípio, reunidos em assembleia eleitoral, de acordo com os estatutos, os representantes de todas as TMCs – Travel Management Companies associadas, reconduziram Carlos Prado, da Tour House e Luis Vabo, da Solid, à presidência e vice-presidência do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corproativas – Abracorp. Dessa forma, a nova chapa eleito por aclamação é composta por: Tour House – Carlos Prado (Presidente); Solid – Luís Vabo (Vice-Presidente); Copastur – Edmar Bull; Costa Brava – Rubens Schwartzmann; Kontik – Eduardo Vasconcellos Neto; Maringá – Siderley Santos; Riotravel – Marianno Santos. Do mesmo modo no Conselho Fiscal: Avipam – Fernando Slomp; Luck–Guilherme Luck; Maiorca – Bruno Waltrick; Primus – Humberto Silva (suplente); Conselho de Ética e Conduta; Master – Fernando Dias; Promotional –Luiz Strauss; Tristar – Osni Pires; Casablanca –Henrique Sérgio Abreu (suplente);
Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
Carlos Prado – Presidente Abracorp – Divulgação
“Assim sendo, agradeço a confiança de todos e reitero a minha certeza de que juntos podemos e vamos superar as dificuldades enfrentadas com profissionalismo e crescente reconhecimento do mercado sobre a importância dos serviços prestados para os nossos clientes”, afirmou Prado ao término do encontro. Além disso, na oportunidade, ele também destacou a importância do engajamento de todos no Movimento Supera Turismo Brasil (www.movimentosuperaturismo.com.br).

Leia ainda: Cresce operações de pousos e decolagens no Floripa Airport

Frio congelante de seis graus negativos marca amanhecer na Serra Catarinense
turismoonline.net.br – O portal do turismo, hotelaria, gastronomia, cultura, destinos e viagens – Anuncie aqui: colunaonline@gmail.com

Siga este jornalista e fotógrafo no Instagran: @jeff_severino

No Youtube também!

Para anunciar/contatar o jornalista – Whats.Link: Jefferson Severino

Fotos: Divulgação / Jefferson Severino / Assessorias de Imprensa / Arquivos pessoais

FonteAssessorias de Imprensa 

Leia mais:

Carta da ABIH-SC com o Apoio de Entidades ao Governo do Estado de Santa Catarina

Operações no Aeroporto Internacional de Florianópolis em crescimento

A capital de Santa Catarina ganha condição de metrópole

É grave a situação de bares e restaurantes que respiram por aparelhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *