Bando de Guarás voltam a habitar Manguezais de Floripa após 250 anos!

 

Nos últimos dias, quem teve a oportunidade de visitar o Parque Natural Municipal do Manguezal do Itacorubi, na região central de Florianópolis, pôde observar a presença de uma ave diferente do habitual da cidade. Isso porque um bando com cerca de mil Guarás voltou a habitar os manguezais da Ilha. O último registro oficial da espécie na região foi em 1763, publicados no livro Aves de Santa Catarina.

Bando com cerca de mil Guarás são vistos em Florianópolis mais de 250 anos após o último registro

A novidade reforça a importância para a proteção e preservação da biodiversidade nas Unidades de Conservação do Município, principalmente em áreas de mangues, pois estas aves costumam se alimentar de caranguejos presentes nos manguezais. A FLORAM (Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis), que gere a Unidade, ressalta que estas áreas servem de proteção para os bairros da região costeira, pois amenizam a força da maré em eventos climáticos extremos, evitando enchentes.

Fabrício Basílio Almeida, pesquisador do Observatório de Áreas Protegidas e do Laboratório de Gestão Costeira Integrada da UFSC, colaborou com as informações sobre o animal. Para ele, uma hipótese plausível é que as aves tenham vindo da região norte do Estado: “Nestes locais existem grandes bandos e um deles pode ter vindo para cá. Foi uma surpresa para nós este retorno e estamos muito felizes. É propício que ocorra a procriação e estamos torcendo por isso”.

Os Guarás vivem em grandes colônias e costumam se alimentar no período de maré baixa e em manguezais. Em seguida, realizam revoadas em grandes grupos no fim da tarde para dormirem em meio a vegetação. Infelizmente, sua plumagem chamativa e colorida chamava a atenção de caçadores, que utilizavam suas penas para exportações e adereços festivos.

 

Publicado em 22.11.2019-Jornal Estado Notícias SC- Fonte Imprensa PMF- Imagens Fotos: Fabrício Basílio Almeida

Leia também na coluna Jeff Severino:

Black Friday, um verdadeiro fenômeno de vendas em todos os setores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *