Escola do Futuro de Floripa servirá de exemplo para a educação em todo o Brasil

 

Escola do Futuro, o projeto idealizado pela Prefeitura de  Florianópolis estará em pleno funcionamento em duas unidades educativas  na rede municipal de ensino no ano letivo de 2020 . Com proposta  de trabalhar múltiplas linguagens  na rede municipal de ensino funcionarão em período integral nas escolas que estão sendo construídas, uma na Tapera, Sul da Ilha, e outra, em Ratones, Norte da Ilha.

Além da proposta curricular da rede municipal de ensino, os estudantes terão aulas e projetos voltados para áreas específicas, como Clube de Esportes, Clube do Empreendedor, Clube de Ciências e Robótica, entre outros.

Segundo o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, a Escola do Futuro servirá de exemplo para a educação em todo o Brasil. “Nossos estudantes, quando concluírem o ensino, estarão extremamente bem preparados, rumo ao ensino médio”, disse.

O Secretário de Educação da capital, Maurício Fernandes, explica que a metodologia está voltada a um modelo de ensino integrado, em que a criatividade e a pesquisa são os principais estímulos. “O estudante será incentivado a conquistar autonomia”, acrescentou.

Tapera

A Escola Básica Municipal Tapera terá capacidade para atender cerca de 520 estudantes, sendo 420 do 1° ao 9° ano do ensino fundamental e 100 na modalidade Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJA), no período noturno.
Com 12 salas de aula, a unidade contará com 5 turmas dos anos iniciais em tempo integral e 8 turmas dos anos finais em tempo parcial, com atendimento no contraturno por meio de oficinas e projetos.

A construção, com 5.455,20 m², terá espaço maker, sala de artes, sala de música, sala de tecnologias, sala multimeios, laboratórios e biblioteca, além de um ginásio de esportes. A escola contará ainda com 2 quadras esportivas e refeitório com capacidade para 126 estudantes. O investimento total será de R$ 11 milhões e 785 mil.Ratones

No bairro Ratones, está em obra um estabelecimento de ensino que também seguirá o modelo de Escola do Futuro. O prédio tem um investimento de R$ 12 milhões.

Serão 5.627,56m² de área construída, com 13 salas de aula, auditório, laboratórios, biblioteca, sala de expressão corporal, ginásio de esportes e quadra descoberta. Tudo para uma educação em período integral.

Publicado em 11.10 Jornal Estado Notícias SC- Edição Redação JE- Fonte Ascom SME Foto Allan Carvalho Imagem capa VM Comunicação

Leia Também

Oktober santa-catarina-esta-em-festa

programa-crianca-com-visao-atendeu-mais-de-1300-estudantes-em-palhoca

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *