Imposto de renda liberada a consulta aos contemplados no 5º lote

Imposto de Renda: Receita Federal (RF) liberou, nesta terça-feira (8), a consulta aos contemplados no 5º lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2019. Para saber se o seu nome está na lista, basta acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone, no número 146.

Também pode consultar pelo aplicativo da instituição para celulares e tablets. Lembrando que hoje é apenas a consulta. O pagamento está agendado para o dia 15 de outubro.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Ao todo, serão pagos neste 5º lote R$ 3,5 bilhões para mais de 2,6 milhões de pessoas.

Cinco por cento dos recursos liberados são para contribuintes com preferência, como idosos, pessoas com deficiência física, mental ou grave doença e quem tem no magistério a principal fonte de renda.

Este lote também contempla restituições residuais de 2008 a 2018. Mais um aviso: o dinheiro do imposto de renda fica disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate precisará solicitar por meio de um requerimento na internet.

Leia Também

Caixa reduz juros para crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal anunciou hoje (8) redução de até 1 ponto percentual nas taxas de juros para os financiamentos imobiliários com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE). A menor taxa passou de 8,5% ao ano para 7,5% ao ano e a maior: de 9,75% ao ano para 9,5% ao ano. As novas taxas será válidas a partir da próxima segunda-feira (14).

A redução é válida para crédito com saldo devedor atualizado pela Taxa Referencial (TR) no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). O SFH é voltado para os financiamentos de imóveis de menor valor e tem parte das unidades financiadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O SFI é destinado a imóveis mais caros, sem cobertura do FGTS.

Esta é a segunda redução de juros anunciada pela Caixa. Em junho, o banco reduziu em até 1,25 ponto percentual as taxas de juros para financiamentos pelo SBPE, além de alternativas de renegociação. Segundo a Caixa, mais de 114 mil clientes já regularizaram dívidas, o que correspondeu a mais de R$ 10,1 bilhões de crédito renegociado.

Em agosto, a Caixa também anunciou a criação de linha de financiamento imobiliário com saldo corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Nesse financiamento, a taxa mínima é o IPCA mais 2,95% ao ano e a máxima, o IPCA mais 4,95% ao ano.

A Caixa lidera o mercado de financiamento imobiliário, com 69% de participação no mercado. Em 12 meses encerrados em junho, a carteira de crédito habitacional do banco cresceu 3,6%, chegando a R$ 452,3 bilhões.

Publicado em 08.08Jornal Estado Notícias SC- Fotos Marcello Casal -Fernando Frazão Por Kelly Oliveira  e Lucas Pordeus León Fonte Ebc- Edição Redação Jornal o estado

DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU.

Mais Notícias:

Sebrae SC é premiado 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *