Informações atualizadas da Covid-19. São 135 mil 55.350 recuperados e….

Informações atualizadas da Covid-19 em 07 de Maio.  São a 135.106  casos confirmados de covid-19, um aumento de 8% em relação a ontem, quando foram registradas 125.218 mil pessoas nessa condição. A atualização foi divulgada pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (7). O número foi um pouco mais baixo do recorde de ontem, quando os novos casos atualizados somaram 10.503. Do total de casos, 70.620 estão em acompanhamento (52,2%), 55.350 se recuperaram (41%) e 1.782 óbitos estão em investigação.

O total de mortes subiu para 9.146. A marca representou um acréscimo de 7% em relação a ontem, quando foram contabilizados 8.536 falecimentos por covid-19. Deste total, 121 foram óbitos nos últimos três dias e o restante em dias anteriores mas confirmados nas últimas 24 horas. A letalidade está em 6,8%. Porém destacar que a quantidade de mortos diária não representa que morreram no dia, mas sim foram confirmados na data pelos estados e municípios após a confirmação oficial, não que isto mude mas é a realidade nua e crua, sem sensacionalismo. A Redação do Jornal o estado dedica as mais sinceras condolências para quem está sofrendo com a perda de um amigo ou familiar.

Informações atualizadas

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de falecimentos (3.206). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (1.394), Ceará (903), Pernambuco (845) e Amazonas (806).

Além disso, foram registradas mortes no Pará (410), Maranhão (305), Bahia (165), Paraná (104), Espírito Santo (155), Minas Gerais (106), Paraíba (101), Alagoas (98), Rio Grande do Sul (90), Rio Grande do Norte (76), Santa Catarina (63), Amapá (61), Goiás (44), Rondônia (37), Acre (36), Piauí (35), Distrito Federal (35), Sergipe (25), Roraima (14), Mato Grosso (13), Mato Grosso do Sul (10), e Tocantins (9).

Não há regra geral sobre isolamento social

 

Informações atualizadas

(foto) Marcelo CasalSegundo O ministro da Saúde, Nelson Teich, disse hoje (7) que  o governo não tem uma uma regra geral para todo o país sobre a necessidade do isolamento social. Segundo ele, diferentes medidas devem ser adotadas por estados e municípios a depender do avanço do novo coronavírus em cada local. “Com isso, a gente avalia o quão difícil vai ser para a estrutura suportar o crescimento [da doença]. A partir daí, você define se tem que segurar muito o número de casos novos e aí você pode ter que chegar a situações extremas como o lockdown”, disse Teich.

“O que não podemos é transformar isso em uma discussão política, é uma discussão técnica. Vai ter uma situação para cada lugar e cada momento”, acrescentou.

Cuidados

De qualquer forma é prudente o isolamento dos que podem ficar em casa, e aos que necessitam sair um busca do sustento e da manutenção do emprego é importante a utilização de máscara e de todos os cuidados necessários para não pegar e transmitir a Covid-19.

Publicado em 08.05.2020-Jornal o Estado Notícias SC- Imagem Reuters capa Amanda Perobelli-Fonte Agência de Notícias EBC-

Leia Também-Bolsonaro autoriza uso das Forças Armadas no combate ao desmatamento

www.encatho.com.br–  www.vmcomunicacao.com.br

Leia mais

A indústria doméstica de turismo será a primeira a se recuperar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou. Copartilhe,

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *