Japão começa utilizar nova droga e Brasil negocia para testar vacina contra o Coronavírus!

O ministro da Saúde, do Japão, Kato Katsunobu, afirmou hoje (12) que o governo começou a fornecer a recém-aprovada droga Remdesivir a instituições médicas para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus.

Nesta terça-feira, Kato declarou que a entrega do antiviral fornecido por sua fabricante americana havia sido iniciada no dia anterior. O Remdesivir é o primeiro medicamento autorizado pelo Japão para o tratamento de pacientes com a covid-19. Sua aprovação foi acelerada na semana passada, após somente três dias de avaliação, depois de a droga ter sido aprovada para uso emergencial nos Estados Unidos.

O Ministério da Saúde do Japão planeja administrar o antiviral somente em pacientes com sintomas graves. Segundo o ministro Kato, as autoridades vão checar dados disponíveis online sobre pacientes elegíveis em hospitais para que os suprimentos cheguem adequadamente aos que necessitam do medicamento.

Vacina

JapãoNesta segunda-feira (11), o ministro Nelson Teich, afirmou que o Brasil está negociando para entrar no grupo que vai testar a primeira vacina  contra o novo corona. “Estamos  trabalhando para integrar um grupo que vai testar a primeira vacina para Covid-19. Isso é importante para o nosso país”, declarou em entrevista coletiva.

 

 

Dados do dia 11.09.2020

Os dados foram atualizados às 19h desta segunda-feira (11/05) com informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde

O Ministério da Saúde registrou, até as 19h desta segunda-feira (11), 168.331 casos de COVID-19 em todo o país. Cabe destacar que há 67.384 brasileiros recuperados (40%) após contraírem a doença e outras 89.429 seguem sendo acompanhadas (53,1%). As informações são repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o país. Desde o dia 26 de fevereiro, quando o primeiro caso foi confirmado no país, o Governo do Brasil adotou uma série de medidas, junto a estados e municípios, para garantir a estrutura necessária ao atendimento dos pacientes com a doença através da distribuição de recursos, materiais e insumos.

Publicado em 12.05.2020 Jornal o Estado Notícias SC- Fonte EBC -Ministério da Saúde Imagem de capa Kyodo via Reuters- Imagem interna

 

Leia Também

Inscrições para o Enem 2020 vão até o dia 22 de maio Saiba mais

Trade de turismo serrano discute desafios e estratégias

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *