O prazer de pescar em alto mar na estonteante Costa Verde Mar!

PescaMundi,  o prazer de pescar em alto mar na Costa Verde Mar

O Balneário Piçarras irá te surpreender pela sua tranquilidade, gastronomia, lazer, mar esmeralda e repito, muita tranquilidade. Uma praia de águas calmas e quentes onde impera o ritmo familiar, pé na areia, sem prédios que tirem o sol da areia da praia e onde praticamente todo mundo se conhece mesmo em alta temporada. Balneário-vedete dos anos 70, o balneário é chamado  praia de elite. O carinhoso título de “Namorada do Atlântico” também ajuda a provar que não é por acaso. Também foi considerada em 2001 a “Capital Brasileira do Jet Ski”. 

Costa Verde e Mar-Jornal o EstadoSituado no litoral norte de Santa Catarina, as margens da BR-101, a 110 quilômetros da capital Florianópolis, Piçarras surgiu da vocação natural que o povo português tem pela pesca. Na segunda metade do século XVIII, pescadores de origem portuguesa, a partir de São Francisco do Sul, descem a costa em busca de baleias.

Alguns desses desbravadores se fixam no pedaço de terra do litoral catarinense que mais avança pelo mar, ao qual chamam Ponta do Itapocorói, núcleo inicial do município de Piçarras. Na Ponta do Itapocorói os pescadores de baleia fundam uma armação de baleias, a armação do Itapocorói, e aos poucos moradores que já se espalham ao longo da costa passam a ser visitados com mais frequência por comerciantes do Rio de Janeiro. Com a extinção progressiva da baleia, muda o panorama econômico e político da região e os distritos em torno de Armação vão aos poucos se emancipando. 

Costa Verde e Mar-Jornal o Estado

Em 2005, a população decidiu, por meio de um plebiscito, acrescentar o termo “balneário” ao nome da cidade, o que, de acordo com os defensores da proposta, aumentaria a visibilidade turística da cidade. O que de fato aconteceu e hoje o balneário, através de sua Secretaria de Turismo tem participado ativamente nas principais feiras de turismo nacionais e internacionais. Imagem Costa Verde e Mar

 

Atualmente a Secretária de Turismo é a atuante Susan Correa. No censo de 2013, a população era de 19.329 habitantes e durante a temporada de verão chega a receber mais de 100 mil turistas, que vêm em busca da combinação harmoniosa da mata atlântica, com o mar e o rio que corta a cidade (Rio Piçarras). 

Peca Mundi-Jornal o Estado

Retorno a esse belíssimo Balneário que conquistou a Bandeira Azul pela sua extremada qualidade, por conta de um produto que vem conquistando centenas de adeptos do Brasil e do exterior. Trata-se das pescarias em alto mar, muito procurada são só por turistas, mas por pescadores nacionais e internacionais que buscam a região para “ferrarem” seus dourados e uma quantidade imensa de peixes de grande porte.

A primeira providência que você deve tomar é contratar uma empresa credenciada, com competência, segurança e com um guia/mestre extremamente conhecedor daqueles mares. Neste caso procurei a PescaMundi do Lucidio Peraro, gaúcho, de Vacaria, mas que reside em Balneário Piçarras ha longos anos.  

A saída da embarcação é sempre às 07 da manhã do cais do porto, que fica muito próxima do Hotel Imperador que possui uma ótima infraestrutura e que acolhe a todos em todas as temporadas. O retorno (desembarque no cais é entre 17:00 e 17:30hs). Mas tudo isso você pode acertar com o Lucidio. Foto: Divulgação

Eu fui em busca de Dourados e acabei encontrando Olhetes, Cavavas e até robalos. Aliás, de tudo um pouco. Ao Alcídio é extremamente responsável e conhece os peixes e já nos aconselha, quado fisgamos um peixe de menor porte, para devolvermos ao mar, o que todos entendem e atendem. 

Lancha Pesca Mundi-Jornal o EstadoSua lancha de 33 pés é extremamente segura, confortável, comportando até seis pescadores. Tem até churrasqueira a bordo. A quantidade de peixes e peixes e a qualidade deles depende do dia e da temperatura do mar e se no local escolhido está ruim de peixe, por rádio ele conversa com demais pescadores e se informa onde estão os principais cardumes, isto é, localiza, profundidade (28, 38, 40, 50, 70 ou mais metros de profundidade). A conversa é sempre intensa e quando o mar está realmente para peixe a “gritaria” no rádio e grande da alegria dos pescadores, que costumam figar também apenas o necessário. Desta maneira, maneira consciente, mantemos a nossa fauna marinha para muitas e muitas pescas.

Imagens de pescaria e amigos- Jornal o EstadoMais informações você pode conseguir diretamente com ele via whats (47) 98496-2771, ou nos links acima. Esqueci de avisar que a pesca só sai se as condições do mar estiverem favoráveis. Na noite anterior confere-se a previsão no Winduguru. Nele o acerto é de 100% e o barco tem sonar, radar, gps, rádio e o celular funciona quase o tempo todo. No mais, é curtir o passeio. Boa pescaria. Fotos: Jeff Severino

Parabéns ao amigo Lucidio Peraro, da PescaMundi, pela sua tenção, responsabilidade e atendimento. Vale lembrar que ele também tem os equipamentos e uma loja de pesca bem no cais. Você também pode combinar com para você mesmo levar o teu churrasco, carvão e demais bebidas a bordo. Te garanto que é inesquecível. Mesmo sem peixe, o que é muito raro, vale o passeio, os amigos, a tranquilidade. Volta-se com as baterias recarregadas.

Assista o vídeo!

Texto e Imagens Colunista Jeff Severino- Publicação Jornal o Estado

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *