Prefeituras e Governo tratam do Transporte Marítimo da grande Floripa

As prefeituras da Grande Florianópolis vão compartilhar com o Governo do Estado todos os estudos e dados de que já dispõem sobre a instalação de um sistema de transporte marítimo integrado na região. Esta foi a decisão tomada em uma reunião realizada na tarde desta quinta-feira, 8, entre representantes da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, da Santur, das prefeituras de Florianópolis, São José, Biguaçu e Palhoça, além da Superintendência de Desenvolvimento da Região Metroplitana de Florianópolis (Suderf).

O objetivo do secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, é que todas as informações sejam reunidas em um estudo técnico completo, que aponte se a implantação do transporte marítimo integrado é viável. De posse desse estudo, será possível elaborar um projeto que atenda às peculiaridades e necessidades de todos os municípios envolvidos.

O prazo para a disponibilização das informações é o fim deste mês. Em setembro, uma equipe com representantes da Secretaria e das prefeituras vai concluir o termo de referência para iniciar o estudo de viabilidade.

Foto Eduardo Pauli – DICOM PMB

Participaram da reunião o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, o prefeito de Palhoça, Camilo Martins, a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, o diretor de planejamento e desenvolvimento turístico da Santa Catarina Turismo (Santur), Leandro Ferrari, além de secretários municipais.

No projeto inicial, existem pontos de embarque e desembarque no Centro de Florianópolis, nos bairros Campinas e Barreiros, em São José, e bairro Centro, em Biguaçu. Palhoça não está contemplada inicialmente, mas será inserida no projeto.

“A implantação do transporte marítimo ajudaria a diminuir os congestionamentos que existem diariamente na nossa região, é confortável e rápido. Paralelo a isso, devemos pensar também numa forma de integrar o transporte de ônibus ao transporte marítimo”, disse o prefeito de Biguaçu Ramon

Imagem Capa Mauren Rigo/Arquivo/Secom- Edição Jornal o Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *