Produção da Indústria Brasileira registra a terceira alta consecutiva!

A produção da indústria brasileira cresceu 0,8% em outubro, na comparação com o mês anterior. Foi a terceira alta seguida e a melhor desde outubro de 2012, quando a taxa ficou em 1,5%. Com o resultado de outubro, o setor acumula expansão de 2,4%, conforme os dados da Pesquisa Industrial Mensal divulgados nesta quarta-feira pelo IBGE.

Em relação a outubro de 2018, a produção industrial do país registra alta de 1%. Mas, apesar dos resultados positivos, no acumulado do ano, o setor tem queda de 1,1% e nos últimos 12 meses, um recuo de 1,3%.

De acordo com o IBGE, três das quatro grandes categorias econômicas e 14 dos 26 ramos pesquisados avançaram em outubro. Entre as atividades, as influências positivas mais importantes foram registradas por produtos alimentícios, com (3,4%, sobretudo açúcar e suco de laranja, e farmacêuticos, com alta de 11,2%.

Entre os 10 ramos que reduziram a produção, as principais influências negativas vieram de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis, com taxa de -2,1%, metalurgia, com -3,2% e indústrias extrativas, com -1,1%.

As vendas do setor supermercadista aumentaram 4,3% no mês de outubro em comparação a setembro. Em relação ao mesmo mês do ano passado, o resultado de outubro atingiu elevação de 5,78%.

No acumulado de 2019, de janeiro a outubro, em comparação ao mesmo período de 2018, as vendas do setor apresentaram alta de 3,48%. Os dados divulgados hoje (4) são da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Vendas de supermercados sobem 4,3% em outubro

“O consumo das famílias, que seguiu lento desde o início do ano, devido às incertezas políticas e econômicas, ganhou um ritmo melhor de crescimento a partir do segundo semestre, principalmente pelo aumento do crédito à pessoa física, impulsionado pela liberação dos saques do FGTS e do PIS/Pasep, além da queda de juros e a recuperação gradual do mercado de trabalho”, destacou o presidente da Abras, João Sanzovo Neto.

Segundo a entidade, o resultado do acumulado até outubro indica que as vendas de 2019 poderão fechar o ano superando a projeção inicial de 3%. “Estamos otimistas em relação ao encerramento do ano, que ainda se somará aos resultados da Black Friday e das compras de natal e réveillon. Espero estar errado em relação à nossa projeção inicial, e que os supermercados vendam ainda mais”, ressaltou Sanzovo.

Publicado em 4.12.2019-Jornal o Estado Notícias SC-Fonte Ebc

Leia Também

Bancos oferecem descontos sobre dívidas na Semana de Negociação !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *