Turismo Cervejeiro: Santur lança campanha SC Beer Challenge

Para projetar Santa Catarina como destino de turismo cervejeiro, dando visibilidade aos apreciadores da bebida, a Agência de Desenvolvimento de Turismo de SC (Santur) lançou nesta sexta-feira, 26, a campanha #SCBeerChallenge em suas redes sociais (@descubrasc).
A ideia é estimular os usuários a mostrarem seu jeito de tomar cerveja em um lugar especial de Santa Catarina por meio de um post ou stories, marcando a #SCBeerChallenge e perfil @descubrasc.
A ação promocional vai até dia 02 de agosto, quando se comemora o Dia Internacional da Cerveja.
A Santur conta com a parceria da Federação das Associações das Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais de Santa Catarina (Fampesc).

Identidade catarinense

De acordo com a presidente da Santur, Flavia Didomenico, a identificação catarinense com a cerveja é incontestável e faz parte da nossa cultura desde a colonização. “Esse desafio busca celebrar a cultura cervejeira e projetar ainda mais SC no cenário do turismo cervejeiro do Brasil”, afirma.

Atualmente, SC conta com mais de 105 cervejarias artesanais em todo o Estado, sendo o segundo em densidade de cervejarias por habitante (Dados da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal).

Blumenau, além de ter o título de capital nacional da Cerveja, é também a terra da Oktoberfest. O município do Vale Europeu ainda é sede da Escola Superior de Cerveja e Malte, a única da América Latina.

Nosso estado promove ainda dezenas de eventos durante o ano, incluindo o Festival Brasileiro da Cerveja, maior do Brasil e segundo maior do mundo. As germânicas Kerbfest e Stammtisch são realizados em diversas cidades do estado. Nelas a cerveja é consumida o dia todo, a partir das 9h da manhã. Além disso, temos o maior Saint Patrick’s Day do Brasil, que ocorre no Caminho Cervejeiro da Grande Florianópolis.

Em 2018, a Catharina Sour, cerveja ácida com adição de frutas, criada em Santa Catarina, foi reconhecida mundialmente como um estilo cervejeiro por uma das mais importantes instituições de cerveja do mundo, o Beer Judge Certification Program (BJCP).

A História da Catharina Sour

O Estilo nasceu em Santa Catarina em 2016. As cervejarias locais iniciaram a produzir berliner weisse com adição de frutas e um pouco mais de alcool que a tradicional receita alemã.

Unidos para produzir uma cerveja desse estilo, a Cervejaria Blumenau e o The Liffey Brewpub batizaram a primeira cerveja com o nome de Catharina Sour: a Coroa Real, uma colaborativa com adição de abacaxi e hortelã.

Logo após, o então presidente da ACASC, Associação Catarinense de Cervejarias Artesanais, Carlo Lapolli realizou um workshop para debater o assunto. Foram divulgados os métodos de fabricação, e se chegou a uma diretiva do estilo, após as discussões.

Pela qualidade das cervejas catarinenses, comprovada por centenas de prêmios nacionais e internacionais e por sua tradição, o Estado hoje é referência em cerveja artesanal no Brasil e no mundo.

Fonte Santur- Edição Jornal Estado Notícias SC-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *