Evento sobre Cidades Inteligentes acontece hoje no Pedra Branca em Palhoça!


Evento no Pedra Branca: As chamadas Smart Cities favorecem o desenvolvimento sustentável por meio da inovação, competitividade, atratividade e resiliência.

 Nesta quarta-feira (21), às 19h, a Prefeitura promove o evento sobre cidades inteligentes chamado Meetup Smart Cities, no edifício Atrium Offices no bairro Pedra BrancaA iniciativa ocorre por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico em parceria com o Instituto de Apoio à Inovação, Incubação e Tecnologia (Inaitec), Impact Hub Floripa, Pedra Branca Empreendimentos e Associação Empresarial de Palhoça (ACIP).

Nomes reconhecidos na área de inovação como a secretária municipal de Administração, Cristina Schwinden Schmidt, o desenvolvedor de smart cities  Luiz Carlos de Freitas Junior, a PhD em sustentabilidade para engenharia Daniella Abreu, o diretor presidente da Pedra Branca Empreendimentos Marcelo Gomes vão conduzir painéis para estimular ideias que desenvolvam nossa cidade com inteligência e sustentabilidade. A mediadora será a consultora de negócios inovadores, Thaís Nahas.

Serão norteadas  questões como projetos inteligentes que estão sendo trabalhados na cidade, como as pessoas vêem as cidades inteligentes, características principais de uma Smart City, desafios para tornar a cidade mais inteligente, como mobilizar pessoas para desenvolvimento de ambientes, o que conecta as pessoas e como é possível desenvolver uma comunidade forte e colaborativa.

O prefeito Camilo Martins lembra que Palhoça já é reconhecida por ser uma cidade inovadora, que estimula o uso de tecnologias na cidade para melhorar serviços, sem envolver recursos públicos. “A tecnologia na gestão pública reduz custos públicos e permite investimentos nas necessidades da população. Tornar os processos na atividade pública mais transparentes e rápidos facilita a vida das pessoas na cidade é um compromisso com a satisfação do cidadão”, conclui.

O edifício Atrium Offices fica localizado na rua Jair Hamms, 38, bairro Pedra Branca.

Referência em inovação

Em 2016, Palhoça recebeu o prêmio “Boas Práticas em Gestão Pública”, promovido pela Escola Superior de Administração e Gerência (ESAG) da Universidade do Estado de Santa Catarina, na categoria “Tecnologias de Informação para Transparência”.

Além disso, a administração municipal foi selecionada pelo Programa Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) em 2018, promovido pelas Organizações das Nações Unidas e Ministério do Meio Ambiente, em duas categorias: Uso racional do papel e Tecnologia da Informação aplicada à sustentabilidade.

Neste ano, a Prefeitura de Palhoça foi uma das 13 instituições públicas de todo o país selecionadas no  8º “Redes WeGov” por utilizar, desde 2015, a plataforma eletrônica 1Doc para integrar o acesso às informações sobre documentos e processos internos da Prefeitura em todas as secretarias, autarquias e fundações da administração pública. Além disso, o programa é um canal de comunicação entre servidores e cidadãos por meio da ouvidoria. “O sistema facilita a comunicação interna e externa de forma eficiente e sustentável com redução de gastos e de burocracia”, enfatiza a secretária de administração de Palhoça, Cristina Schwinden Schmidt.

No dia 3 de julho, o prefeito Camilo Martins e a secretária municipal de Administração, Cristina Schwinden Schmidt, foram convidados a apresentar no Seminário Catarinense  de Gestão Municipal, Inovação e Transformação Digital em Blumenau sobre “Tecnologias e cidades: como o uso da tecnologia está transformando a gestão pública municipal”.

Em 5 de julho, Cristina participou também do IV Gestão Pública em Foco – A Cidade que Queremos, evento realizado pelo Conselho Regional de Administração (CRA/SC). Na ocasião a secretária mediou um painel de debates sobre Cidades Inteligentes.

Smart Cities

Segundo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), uma Smart City ou Cidade Inteligente é aquela que coloca as pessoas no centro do desenvolvimento, incorpora tecnologias da informação e comunicação na gestão urbana e utiliza esses elementos para estimular a formação de um governo eficiente, com planejamento colaborativo e a participação cidadã.

Fonte PMP- Edição Jornal Estado Notícias SC