Fapesc seleciona pesquisadores para as conferências de CTI de 2023 e 2024

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) começou os preparativos para a Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (CECTI) para os anos de 2023 e 2024. Nessa primeira etapa, será selecionado o pesquisador ou a pesquisadora que irá elaborar a metodologia para o evento. As inscrições podem ser realizadas na plataforma da fundação até 27 de junho. 

Serão destinados R$ 320 mil para despesas com o projeto, como de materiais e serviços, e também custeio de bolsas – que variam entre R$ 1 mil e R$ 4,5 mil. 

Podem se inscrever pesquisadoras e pesquisadores com título de doutorado e vinculados a instituições de ciência, tecnologia e inovação (CTI) de Santa Catarina.  

Segundo o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, a conferência é um importante instrumento de gestão de política pública. “Podemos reunir todos os atores do ecossistema de CTI e identificar necessidades das diversas regiões do estado”, destaca.  “Esta chamada tem o intuito de selecionar um grupo para atuar no desenvolvimento de metodologias para que possamos fazer comparações, criar sistemas de monitoramento e, com isso, termos tomadas de decisões mais assertivas no que concerne a atuação da Fapesc e as políticas públicas de CTI no Estado”, confirma.

O projeto aprovado deverá disponibilizar o modelo metodológico e tecnológico para a VII e a VIII CECTI, para os anos de 2023 e 2024. Também analisar os indicadores das edições anteriores, fazendo o comparativo, gerando dados e indicadores.

O resultado será divulgado em 17 de agosto no site da Fapesc www.fapesc.sc.gov.br. O edital completo pode ser acessado aqui. Em caso de dúvidas, envie e-mail para pesquisa@fapesc.sc.gov.br

crédito de imagem divulgação

Última edição

A última edição da CECTI foi realizada em 2021, de maneira totalmente online. O evento recebeu 1.276 inscrições, de sete regiões do Estado: Grande Florianópolis, Vale e Alto Vale, Oeste e Meio-Oeste, Norte e Planalto Norte, Sul e região Serrana. 

Os grupos de trabalho envolveram academia, empresas, governo, sociedade civil e centros de inovação, sendo 94 instituições acadêmicas, 194 organizações empresariais e 62 organizações governamentais. Cada um desses agentes do ecossistema deram seus pareceres e percepções sobre o desenvolvimento da ciência, da tecnologia e da inovação em Santa Catarina. 

A última edição foi organizada pelo Programa de Pós-graduação de Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Os dados coletados estão disponíveis em https://conferenciacti.sc.gov.br/

Além de 2021, também foram realizadas conferências em 2015 e 2017. As condições para realização dos eventos estão disponíveis no Decreto nº 2.372, de 9 de junho de 2009, que regulamenta a Lei nº 14.328, de 15 de janeiro de 2008 (Lei da Inovação de Santa Catarina).

Leia também:

Associação de Clubes comemora 35 anos em SC

Publicado em 03.06.2022 Fonte Assessoria de Imprensa Fapesc- Editado por Carlos Troian

Fonte: Assessoria de imprensa Fapesc